Rosa Kliass e a síndrome de Deus

Rosa Kliass e a síndrome de Deus

Rosa Kliass paisagista, de 82 anos, nasceu em São Roque e formou-se arquiteta na FAU-USP. Ela é fundadora e ex-presidente da APAB (Associação Brasileira de Arquiteos Paisagistas) fez o projeto paisagístico do Parque da Juventude e a reforma do Vale do Anhangabaú, ambos em São Paulo.

Rosa Kliass conversou com Paulo Markun sobre sua carreira e a importância do paisagismo para arquitetura, em entrevista para o portal Arquitetura para Todos, do CAU/BR:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=R9FLat8J7eE&w=832&h=h468]

 

Temas:

00:00 O trabalho do paisagista
02:11 A relação do paisagismo com a natureza
04:55 A relação do paisagismo com a arquitetura preexistente
08:22 História pessoal no paisagismo


Artigos relacionados

Paisagismo

Paisagismo é muito mais que um belo jardim. Os arquitetos paisagistas partem do princípio de que a paisagem é um elemento a ser construído, tanto quanto os edifícios e o ambiente urbano.

Bruno Ferraz e dois bons exemplos

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=btvvgnr2t5c&w=832&h=h468] O arquiteto Bruno Ferraz, de Recife, sócio do escritório B’Ferraz Arquitetura destaca dois bons exemplos: os hospitais da Rede Sarah, projetos de João Filgueiras Lima, o Lelé e o edifício Acaiaca, de Recife, construído em 1958 pelo arquiteto Delfim

Parque da Juventude

Após a desativação da Penitenciária do Carandiru, o Parque da Juventude mudou a paisagem da Zona Norte de São Paulo. No lugar foi construído um complexo cultural recreativo de 240 mil m², resultado de um concurso nacional vencido pelo escritório

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta